06/06/2008

Ganhar por 1


Eu sei que os temas chatos sobre política não fazem a alegria da galera, mas é impossível ver uma notícia como essa e não comentar:

Vereadora que teve apenas um voto toma posse no Piauí

Powtaquepariw, a mulher teve UM voto! UM!!! Isso significa que nem a MÃE dela votou nela. Como que elegem uma pessoa que nem a MÃE confia?

Tá, já estou vendo algum engraçadinho dizer que talvez a mãe dela tenha morrido ou algo assim. Bom, o pai também, né? E logicamente os quatro avós também. E é claro que ela deve ser filha única, assim como seus pais: então não há tios, tias, primos, primas, irmãos ou irmãs para votar nela também. Nem marido, porque sem dúvida ela é solteira. Ou viúva. E obviamente a mulher não tem amigos também, certo? E COMO É QUE UMA CRIATURA DESSAS PODE SER MINIMAMENTE QUALIFICADA PARA SER VEREADORA, ME DIZ???

Ok, não é possível que só eu perceba que há algo seriamente fodido errado *cof cof* com nosso sistema de eleição. Não é possível que nosso sistema aceite que alguém seja eleito com UM (UM, caralho!) voto. Porque é o voto da própria pessoa, pôrra (e PELAMORDEDEUS não venham me dizer que não é o voto dela mesma! Se não for, a mulher tem que levar um tiro na testa, Bial!). Mesmo que ela só tenha assumido porque o ganhador oficial foi caçado. E o vice tenha morrido em um acidente de carro. (hahahahahahahahahahahahahahahahah)

Sugiro uma revisão nas leis eleitorais: À partir de agora, TODO candidato tem que declarar, NO INÍCIO das eleições, quantos familiares e amigos tem e isso vai ser considerado uma “nota de corte” (tipo vestibular) de votos. Porque falassério, não podemos ter em uma posição de liderança alguém que nem a FAMÍLIA E OS AMIGOS acham que é competente. Porque essas são as pessoas que GOSTAM dela! (claro, há exceções)

Tô fora, gente. Não dá mais. Se precisarem de mim tô de mudança pra TUNÍSIA.





6 comentários:

Bruno disse...

E o pior é que nem ela votou nela mesma. Quando informada de que recebeu um voto ela declarou:

"Um voto? Estranho...Eu anulei o meu. Não confio em políticos."

Dany Darko disse...

E pra terminar o pensamento do Bruno...
Ela anulou o voto e outra pessoa votou nela... mas por engano. Errou na hora de digitar os numiro. Ix!

T. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
T. disse...

Hehehehe...
Vou lançar a campanha "Justifique Já"!
Faz tempo que não voto... Já cansei de reclamar, gritar, lutar e nada muda. Cansei. Enquanto essa p***a toda não mudar, não voto mais. Justifico, e f**a-se. Canalhada filha duma mãe...

Felipe disse...

Ô Ogro, eu gosto quando vc fala de política. Pensamos mais ou menos a mesma coisa... Só que não quero ir pra Tunísia naum... Vou pro Chile mesmo que é mais pertinho e a língua é mais fácil de aprender, rsrsrs...

Realmente uma notícia dessas é um tapa bem safado na nossa cara...

Brasil, um país de tolos!

Lara disse...

Não confio em quem não tem amigos, não bebe cerveja e nem come coxinha. Nota de corte na veia!