30/06/2008

Diga-me com quem andas...

Entrei no barzinho e odiei o ambiente de cara. Pior é que realmente não sei dizer por que, foi só... antipatia mesmo. Não era claro nem escuro, a música estava no volume perfeito (dava para ouvir e conversar) e o lugar não era sujo, apesar de não ser daqueles "bares" ridículos de limpos - que, convenhamos, não tem a menor graça. Acho que foi a maneira que o pessoal de lá olhou para os meus amigos: uma mistura de desconfiança, rejeição e medo. Preconceito dos infernos!

De qualquer maneira, continuamos andando até encontrar uma mesa livre, o que demorou um pouco. E tinha muita fumaça no ar, powtaquepariw! Não que tenha me incomodado, porque eu estava fumando também, mas eu não conseguia entender como tinha tanta fumaça assim. Pedimos aperitivos e bebidas para todos, estávamos em uns 5 no total, mas o garçom não vinha. Comecei a ficar puto, óbvio. Fazia meus comentários sarcásticos (que saem mais fluentemente quando estou puto) e o pessoal ria e respondia através de grunhidos que a música, agora muito mais alta, não me deixavam ouvir. Olhei para eles: a fumaça quase não me deixava vê-los, mas dava para perceber que eles também estavam putos. A própria pele deles parecia algo entre cinza e verde. Por um momento achei que tinha visto algo estranho, mas devia ser a fumaça. Levantei para resolver o assunto com o garçom e mal tinha dado dois passos quando ele apareceu, com uma bandeja cheia de bebidas e comida. "Pôrra, finalm..." BLAM!

O garçom me bateu com a bandeja na cara, e caí no chão xingando. Ouvi o resto do povo do bar caindo em cima dos meus amigos, batendo sem dó. Felasdapowta!!! E toda vez que tentava ajudar, eu também levava um chute, ou uma cadeirada, mas finalmente consegui levantar. Comecei a gritar, xingando os malditos de tudo que é palavrão que conheço e jogando garrafas e copos em sua direção. Um de meus amigos conseguiu se arrastar até mim e quando estava bem perto... ME MORDEU! Dei um chute na boca dele, mas ele voltou a se arrastar para cima de mim e me morder. Enquanto o chutava mais, vi que sua pele não estava acinzentada – nem seu rosto distorcido – por causa da fumaça: ele era um morto-vivo. Olhei para os outros 3, e todos tinham a pele naquele tom morto e putrefato.

Entrei em choque e fiquei parado, com uma garrafa de 51 na mão direita e um cinzeiro na mão esquerda, olhando enquanto todos no bar sacaram armas e começaram a atirar neles. Os corpos dos meus “amigos” foram tombando, um a um. Órgãos espalhados, miolos verdes e roxos escorrendo. Finalmente alguém, acho que foi o barman, olhou para mim:

“E esse aí?”, perguntou com a voz rouca.
“Se tava com eles, deve ser da ‘turma’!”, disse uma mulher sem rosto na multidão.

Nem deu tempo de explicar a confusão e recomeçaram a atirar, todos eles. O__O

Acordei quase me jogando da cama e o coração disparado, powta susto do caramba!!! Sempre tive uns sonhos estranhos, mas a coisa tá piorando... ¬¬

7 comentários:

Dany Darko disse...

Que susto! Até o meu da historia achei que fosse verídico mesmo!!!
Jah eu tenho acordado um lixo de manha porque passo a noite inteira tendo crises de riso por conta dos meus sonhos...

Celine disse...

Por alguns segundos pensei que fosse verdade.. Quis passar o susto, né?
Um psicologo te ajudaria com esses sonhos.
beijos

Bruno disse...

Porra! Que sonho maneiro! Eu normalmente ou não sonho ou não lembro do sonho. Seria muito mais legal ter sonhos desse tipo.

Seria legal fazer uns curta-metragens com sonhos desse tipo.

BRAINS!!!!!!!!!

rancorizando disse...

Eu adoro esses sonhos! hahaha

Nina disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
assim vc me mata de rir...caraaaaarreo!
PQP!
Pensei que tivesse sido real...bem que achei a narrativa parecida um pouco de novela mas com um fundo de verdade...haueaeheaueheaueheueh

Se teus sonhos são assim...¬¬
Faço idéia como são os pesadelos...o.O'.
Ui.
=**

Monicake disse...

Eu tenho visto Dexter antes de dormir,
dá pra ter noção de como andam meus sonhos né?
Tu-do-em-pe-da-ços.
Ok, essa foi péssima, mas não resisti hahahaha

T. disse...

Tava mesmo precisando de um estímulo pra voltar a jogar Resident Evil (qualquer um, amo todos, hehe).